Um café antes do amor

cafe

Me vê um café, que seja um bem forte porque hoje é domingo. A ressaca está pesada, e não fosse pouco, o amor é algo difícil de lidar. Aliás, acho que todo mundo precisa de um café, antes de falar de amor.

Tenho buscado acalmar meu coração porque assim é mais fácil. Quando deixamos de gostar de alguém, nada nos atinge, parece que, fracos são os outros.  E assim tenho me resguardado, como quem tem medo de alturas, não entro no terraço.

Às vezes tento me convencer, sendo matemático. As retrospectivas das minhas histórias passadas não favorecem uma nova equação.  Nas casas de apostas, as probabilidades estão baixas, troquei o favoritismo pelo título de zebra, em outras palavras, joguei a responsabilidade no colo dos outros.

Mas aí você aparece meio que sem querer, e nem quer mesmo. Não quer nem saber do que eu passei, dos meus receios, ou das minhas teorias sobre ser sozinho, que alias, demorei muito pra criá-las. Não quer nem saber que pra mim, deixar o passado é nostálgico, como se mentisse pra mim mesmo tantas promessas, nem que eu me prefiro racional. É que apaixonado, eu fico meio bobo, alucinado.

Mas você surge com todo essa genialidade em fazer as coisas, sabe a hora certa de vir e ir embora, o ponto certo da saudade. A conversa é bacana, flui. Além de tudo, dança bem, quero dizer, você tem ritmo, conquista olhares.

E assim, gostar de você se torna fácil, me apaixonar parece questão de tempo, mas amar…ah, eu vou querer mais um café. Sinceramente, não sei em quanto tempo a gente aprende a amar, e eu que gosto de saber os momentos exatos das coisas, não consigo nem lembrar como ele surge. Me pergunto quantos cafés a gente precisa pra começar a amar?

Nestas horas eu costumo fugir, mas tudo bem, eu disse que viria pro café, e cá estamos. Me vê mais um, que a conversa pode demorar bastante. Afinal, nem te falei que meu programa favorito é ver o pôr-do-sol. Só me deixa fingir que atendo o telefone, que é pra mudar de assunto, é que ainda não to pronto pra falar de amor.

Onde paramos mesmo? Não importa, descobri que o bacana é não perguntar onde se começa, quando se para, nem como se termina. Vai ver que assim os dias se tornam mais interessantes, sem expectativas. Vai ver o bacana é marcar um encontro no final de semana, e ir riscando os dias no calendário até chegar à sexta-feira.

E tento divagar sobre outros temas, outros planos, mas não consigo. Fico empolgado, esperançoso, só consigo pensar que, talvez, você chegou na hora certa, pra adoçar o meu café.

Anúncios

14 comentários em “Um café antes do amor”

  1. Ahhhh, olha confesso que é bem difícil encontrar blogs masculinos e que escrevam textos tão bem ❤
    Voltando ao texto tbm fico me perguntando "quantos cafés a gente precisa pra começar a amar", mais um texto incrível, conheci agora seu blog e já estou viciada nele. Continue assim e alguns anos vou encontrar algum livro seu nas livrarias hahaha ❤
    beijoo :*

    Curtir

  2. Parabéns pelos seus textos! Amei! Você escreve muitíssimo bem!!! Já virou um dos meus textos preferidos só por ter café no meio ♥
    Pensando seriamente em tatuar uma das frases em mim hahaha amei a “…todo mundo precisa de um café, antes de falar de amor.”
    Eu tô sinceramente sem palavras pra esse texto, já compartilhei algumas frases no meu twitter e facebook, compartilhei o link com amigas e tô marcando favorito pra não perder nunca. Tô pensando em imprimir e ler todo dia hahaha, eu amei, de verdade! Parabéns pelos textos, espero que um dia possa passar para livros!

    Curtir

  3. Oi, Francisco! Bom conhecer blogs masculinos, esse outro mundo tão interessante e sensível. Os homens de um modo geral, parece que não falam muito sobre o amor, não pelo menos na internet.
    Muito bom seu texto.
    Um abraço!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s