Eu e você, encaixou

eu e voce

Sabe o que eu penso quando olho para você? Que combinamos. Nossa, como encaixamos. Eu dou risada disso, feito maluco. Pessoas que encaixam não são lá tão fáceis de achar, sabe? Não é como encontrar pão de forma no mercado. Eu fico sorrindo feito bobo, como quem ganhou na loteria.

Já percebeu o quanto é mágico quando isso acontece? Por algum motivo, algumas pessoas têm uma química enorme desde o primeiro encontro. Elas simplesmente se dão bem, desde o primeiro olhar, desde o primeiro “oi”, elas batem, se prendem, se ajustam, se moldam. Foram feitas para encaixar.

É bacana que eu não preciso perguntar se é recíproco, essas coisas se sentem. É no seu olhar que eu encontro as respostas sobre o nosso querer, mesmo que ainda fique aquela dúvida ingrata se o seu querer combina tanto assim com o meu, mas nada que me preocupe. É que a vida ensina a cuidar das nossas incertezas feito flor, a conviver com elas de forma agradável feito sombra.

O encaixe nasce assim, num piscar de olhos. Talvez no sorriso e na troca de olhares, ou na palavra certa, na hora certa. Talvez no perfume que combinou com o gosto do outro, talvez no amor em comum por algo ou no ódio compartilhado. É como se os corações estivessem conversando entre eles muito antes do que pudéssemos perceber.

Com você foi assim, encaixou de primeira. Desde que você chegou me sinto menos rígido, parece que tudo pode ser moldado. Encaixar é adaptar-se meio sem querer, porque combinar se torna confortável. Um vai fazendo parte do outro; os abraços são simétricos, as frases se complementam e o sorriso vira espelho, um é reflexo do sorriso do outro.

Encaixar é sentir-se aconchegante no silêncio, no deitar abraçados, nas situações mais engraçadas e nas mais constrangedoras. Já teve aquela estranha e agradável sensação de que você não era apenas uma pessoa com suas individualidades, mas sim a parte de um todo? É como se você descobrisse, no momento em que a achou, que algo estava lhe faltando… E agora não falta mais.

Das coisas bacanas da vida é que não há hora certa para encaixes, não existem fórmulas. É sorte do destino, um presente dos deuses, você não escolhe quando vai encontrar essa pessoa, você não cria química, ela nasce em um momento único ou não acontece. Você pode até tentar encaixar alguém à força, mas não é a mesma coisa, não há nada mais natural e espontâneo do que isso.

Confesso que por mais inteiro que eu estivesse me sentindo antes de você, nunca me senti tão completo quanto agora. Eu fico aqui, observando o quanto combinamos, e percebendo como é confortável dormir ao seu lado e ser eu mesmo. Fico extasiado quando percebo que, para você, é fácil entender as coisas que eu digo e dizer as palavras certas em todos os momentos. É como se você tivesse um manual de instruções sobre como me ganhar sempre.

Com você sinto que somos móveis sob medida, feitos para encaixar. Como se o seu sorriso fosse o grand finale das minhas piadas bobas, o seu abraço feito para envolver-se nos meus braços e a sua boca feita do tamanho ideal para perder-se na minha. É sentir a felicidade em proporções maiores do que ela normalmente é, daquelas que não cabem no corpo, que transbordam pelo olhar, pelo sorriso e pelo jeito de andar.

Como se você fosse o meu número, o meu par ideal, a minha certeza. Como se encaixar não fosse coincidência, como se eu tivesse sido feito para você e você feita, perfeitamente, para mim.

Anúncios

14 comentários em “Eu e você, encaixou”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s