Não invista

nao invista

“Tempo é dinheiro”, escuto esta frase há anos, desde criança. Venho de uma família que trabalhou demais, trabalhou para alcançar os objetivos que, na verdade, eram apenas um: dar conforto para a sua família. Esta frase define a minha criação.

Tempo é escasso. Tempo é vento, às vezes lento, mas geralmente fugaz. Cada segundo que vivemos já passou e lá se vai meia hora, uma hora, o dia, a semana, o mês, o ano e a vida. Olha aí, quase trinta anos e o que fez? Não, não estou falando de bens materiais. O que você fez? Viveu? Amou? Cresceu como pessoa? Se não respondeu afirmativamente estas três palavras… Bom, veja só, muito tempo passou em vão.

O tempo é inimigo na maioria das vezes, é uma ampulheta da vida, já em outras vezes, só o tempo cura, ensina, só ele dá os caminhos certos para as nossas inquietações. Precisamos de tempo para refletir sobre nós mesmos, sobre os acontecimentos da vida, sobre o que fizemos e sobre quem queremos ser no dia de amanhã.

Como tempo era dinheiro e a minha carteira sempre estava vazia, aprendi algo: não invista. Não invista seu tempo com quem não liga para você. Não invista seu tempo em coisas que não lhe darão retorno algum a longo prazo.

Não perca mais de dez minutos com alguém que não tem nada de bom para lhe oferecer. Não perca uma noite inteira de sono por alguém que nem se quer está pensando em você, nem desperdice o seu tempo criando ideias sobre como chamar a atenção de alguém que não quer te enxergar. Não invista em relacionamentos falidos ou em pessoas que não tem valor algum no mercado.

Não invista seu tempo com pensamentos negativos. Não fique alimentando a sua alma de ódio e rancor ou até mesmo de culpa. Isso nunca levará a nada. O que passou, já foi, o importante é o que fica, mesmo que isso seja apenas o aprendizado. Invista na moral da história e não nas histórias em si. Invista em quem te quer bem sem juros.

Invista em você, sempre. E quando eu falo isso, não estou incentivando o seu lado egoísta. Digo para que finalmente você aprenda a criar a sua carteira de investimento. Nela precisa caber você, as pessoas que gostam de você, as coisas que deixam você feliz, as músicas que te motivam, os sonhos que você quer realizar e as conquistas que você gosta de pendurar na parede do seu quarto. E seu bichinho de estimação claro, porque você o ama.

Invista na vida, no amor e em si mesma. Invista nos momentos que te deixam feliz, nas pessoas que conseguem aliviar as dores do seu dia, que são dopamina. Invista no que você gosta de fazer, mesmo que seja incompreendida pelas outras pessoas, mesmo que a julguem, mesmo que não seja boa o bastante naquilo.

E no fim da vida, mesmo que o seu bolso continue vazio, ficará com a certeza de que você sempre fez o melhor investimento. Minha família me deu uma das melhores lições da vida, com um pequeno erro de comparação: tempo é mais do que dinheiro, tempo é tudo o que ainda temos.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s