Uma relação com medo não é amor

desculpa

Existem muitas formas de manipular alguém por amor.

Porque algumas pessoas te querem apenas quando você está bem.

Porque algumas pessoas te querem apenas quando elas estão bem.

E algumas pessoas não te querem, mas gostam da ausência da solidão que a sua presença causa.

Então elas te usam.

Para que a sua companhia seja o mais parecido possível com o que elas imaginam.

Para que você se torne o que elas gostariam de ter no momento.

Mas isso não é amor.

Porque o amor é sobre liberdade.

Sobre deixar o outro ser quem ele é.

Sobre admirar o outro por fazer as coisas que faz.

E dizer as coisas que diz.

E pensar da forma que pensa.

Mas se você não gosta do jeito da outra pessoa.

Da forma como o outro lida com o mundo.

Do jeito de sorrir, das suas delicadezas e dos seus gostos.

Não é amor.

Talvez apego.

Talvez má caratismo.

Talvez carência.

Porque amor é sobre admirar o outro por quem ele é.

Mas muitas vezes vão te dizer que teus gostos estão errados.

Que tuas companhias não são boas.

Que teu jeito é vergonhoso.

E vão te intimidar dizendo que irão te deixar, para criar em você a sensação de uma criança que se joga nos braços da mãe e ela o rejeita e vai embora.

E vão te intimidar ficando irritadas, para que você fique com medo de decepcionar a outra pessoa por ser quem você é.

E vão te intimidar te olhando com desprezo, para que você sinta vergonha da forma como você vê o mundo.

E vão deixar o seu eu interior preso dentro de uma caixa.

Para que você não sorria, mas o outro possa sorrir.

Mas fazer com que o outro deixe de ser quem ele é, por qualquer motivo, é o contrário do amor.

Porque ao outro há que querê-lo sempre evoluindo.

Aprendendo a lidar com a vida.

Melhorando as suas cicatrizes.

E admirando-o sendo feliz sendo quem do jeito que é.

Existem muitas formas de escravizar alguém por amor.

Porque por amor, muitas vezes, fazemos tudo.

Até deixar de existir.

Para co-existir na história de alguém.

Mas isso nunca será amor.

Então se você não aceita a pessoa que você está, como ela é.

Deixe-a.

Para que ela possa ser quem ela é em outro lugar.

Porque deixar alguém ser quem ele é.

É a mais pura forma de amor.

E isso é o que todos merecem.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: