Restaurantes caros não compram felicidade, uma boa companhia sim

a927c592e774c04150b58a3cef123295

Por muito tempo, muito tempo mesmo, criei a obsessão na minha cabeça de que felicidade era almoçar em restaurantes chiques e caros. Para mim, significava algum tipo de conquista social. Significava que eu tinha “chegado lá”.

Teve uma época em que eu me importava demais com isso, com status, com dinheiro e buscava incansavelmente tudo isso. Essa busca nunca me fez feliz, estar em restaurantes caros nunca me trouxe felicidade. Quero dizer, não pelo simples fato de estar lá.

Claro que é ótimo poder estar em lugares lindos, experimentar pratos sofisticados e ter um atendimento de luxo, mas o que realmente é felicidade, é poder se proporcionar um almoço com as pessoas que a gente ama no meio da semana. Isso não tem preço algum.

Dar-se a oportunidade de sair almoçar com quem a gente ama e ter uma hora de companhia de qualidade. Poder observar a pessoa que a gente ama, escutar a sua voz, rir em companhia e poder brincar sobre o molho que ficou no rosto. Trabalhar com aquilo que a gente ama ou trabalhar com aquilo que a gente pode que possa nos proporcionar este momento e valorizar isso. Então se isso é felicidade, o que mais falta?

Se eu tivesse descoberto há alguns anos isso, que a felicidade estava em poder estar com quem a gente ama, almoçando um combo do Mc Donalds e uma promoção do Black Friday do Burguer King na praça de alimentação do shopping, em uma terça-feira, eu não teria perdido tantos dias buscando ganhar dinheiro para poder ir em restaurantes caros.

Eu não teria perdido aniversários das pessoas que amo por buscar ganhar dinheiro para almoçar em restaurantes caros, eu não teria me submetido a alguns comportamentos que eu tive que aturar para poder ter dinheiro para almoçar em restaurantes caros.

É engraçado como colocamos a felicidade em um lugar tão alto, tão difícil, que é praticamente impossível alcança-lo. É irônico como negamos a felicidade acontecendo na nossa frente para nos enganar que isto que estamos vivendo não é felicidade. O pior de tudo é que muitas vezes passamos a vida acreditando nesses nossos pensamentos.

Se eu soubesse que a felicidade estava ali, tão simples e tão perto, eu não teria pedido um combo, teria pedido dois logo de cara.

Felicidade a gente abusa.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: